Jornalismo

Campinas | 30/06/2020 - 19h45 Imprimir

TJ-SP libera família de Campinas para cultivar maconha

O Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP) concedeu um habeas corpus para permitir que uma família de Campinas (SP) cultive maconha (cannabis sativa) para fins medicinais e mantenha o tratamento de dois filhos diagnosticados com Transtorno do Espectro Autista. A Defensoria Pública, que atua no processo como representante da família, informou que as crianças possuem déficit significativo da comunicação e interação social, além de padrão restrito e repetitivo do comportamento, interesses e atividades. Os jovens são tratados com óleo de cannabis desde abril de 2019 e apresentaram melhora significativa, informou a defensoria. O óleo é rico em canabidiol, sustância não-psicoativa da planta. Antes, as crianças passaram por tratamentos psicofarmacológicos, mas não houve avanço. A família comprava o óleo da Associação Abrace Esperança, única entidade do Brasil que possui autorização para produção medicinal da cannabis. Porém, a demanda da associação é grande, o que acarreta diversas interrupções no fornecimento, prejudicando gravemente o tratamento.

por Redação
TVB Nova FM
Uma empresa do GRUPO SOLPANAMBY
© 2020 Radio Central AM. Todos os direitos reservados. Estúdio Copacabana Estúdio Copacabana