Jornalismo

Campinas | 12/09/2017 - 10h56 Imprimir

Pressão popular faz vereador retirar projeto da escola sem partido

Em votação unânime, os 33 vereadores de Campinas derrubaram na noite desta segunda, 11,  o sistema de regime de urgência sobre o projeto de lei que propõe a "Escola Sem Partido". Estudantes e representantes da sociedade civil lotaram o plenário da Câmara Municipal e pressionaram os vereadores contra o projeto que impede manifestações politicas em sala de aula. O autor do projeto pretende convocar  uma audiência pública para que toda a população possa vir à Câmara e debater  amplamente a ideia. O Escola Sem Partido (que já foi aprovado em primeira votação) cria um conjunto de regras a ser seguido em sala de aula que - entre outras medidas - impede o professor de fazer propaganda político-partidária em sala de aula e de incentivar os alunos a participarem de manifestações. Também fica vetado ao educador usar a "plateia cativa" dos alunos para expor suas opiniões políticas e religiosas, entre outras.

por Redação
TVB Nova FM DCI
Uma empresa do GRUPO SOLPANAMBY
© 2017 Radio Central AM. Todos os direitos reservados. Estúdio Copacabana Estúdio Copacabana