Jornalismo

Campinas | 11/03/2019 - 14h10 Imprimir

Prefeitura de Campinas não define abertura de UPA

A Secretaria de Saúde de Campinas (SP) ainda não tem um prazo para abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Carlos Lourenço, que custou cerca de R$ 5 milhões e deveria estar funcionando desde maio de 2017. O prédio está pronto há meses e com alguns equipamentos instalados, como sistema de ar condicionado e gerador, além de móveis. Em agosto do ano passado, a Prefeitura havia se manifestado dizendo que abertura estava prevista para o fim de 2018, mas a situação segue a mesma. Em audiência na Câmara Municipal, o secretário de Saúde, Carmino de Souza, e o presidente da Rede Mário Gatti, Marcos Pimenta, disseram que são necessários, ao menos, R$ 2 milhões mensais para o funcionamento da unidade. Tanto o secretário como Marcos Pimenta disseram que não há verbas previstas neste ano.

por Redação
TVB Nova FM DCI
Uma empresa do GRUPO SOLPANAMBY
© 2019 Radio Central AM. Todos os direitos reservados. Estúdio Copacabana Estúdio Copacabana