Jornalismo

Campinas | 12/07/2018 - 12h10 Imprimir

Empresas de ônibus sofrem derrota na justiça

A Justiça Trabalhista de Campinas determinou que os motoristas de ônibus das empresas da cidade não poderão mais cobrar ou dar troco de passagens com o ônibus parado ou em movimento. A decisão é do dia 5 de julho e cabe recurso. As empresas têm 60 dias para acatar a medida. O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) da 15ª Região decidiu também que as empresas terão que pagar uma indenização de R$ 100 mil cada uma que será destinado para uma instituição de assistência social. Além disso, a juíza Maria Flavia Roncel de Oliveira Alaite determinou que as empresas paguem os gastos do processo judicial, que estão orçados em cerca de R$ 10 mil. A multa diária em caso de descumprimento é de R$ 20 mil por empresa. Em nota oficial, a Prefeitura de Campinas informou que a sentença foi proferida contra as empresas de transportes e a Prefeitura não é parte citada no processo.

por Redação
TVB Nova FM DCI
Uma empresa do GRUPO SOLPANAMBY
© 2018 Radio Central AM. Todos os direitos reservados. Estúdio Copacabana Estúdio Copacabana