Esporte

Guarani | 15/03/2017 - 16h22 Imprimir

Eleições são adiadas no Guarani

Eleições são adiadas no Guarani | Foto: Divulgação

Em decisão encaminhada pelo juiz da décima Vara Cível de Campinas, Mauricio Simões Botelho, as eleições marcadas para o Guarani foram suspensas e os responsáveis pela Comissão Eleitoral terão 15 dias para apresentar sua defesa junto á Justiça.

De acordo com a decisão, o Guarani deverá convocar uma Assembléia Geral para julgar os pedidos feitos pela Chapa Transparência, autora do pedido. Um dos pedidos refere-se a troca de um integrantes da Chapa Integração e cujo prazo para convocação será de 30 dias e de acordo com publicação em edital. Se não for cumprida a decisão, cabe multa diária de R$ 10 mil.

Os responsáveis pelo processo eleitoral terão 15 dias para encaminhar uma resposta ao juiz encarregado pela resposta.

O presidente do Guarani, Horley Senna, afirmou que não estranhou a decisão. "Já haviam comunicado que iriam antecipar. Antecipou e vamos tomar as providências", afirmou em entrevista a Rádio Central. Ele não afasta a hipótese de pedir a impugnação da candidatura de Odair Paes Junior.

por Redação
TVB Nova FM DCI
Uma empresa do GRUPO SOLPANAMBY
© 2017 Radio Central AM. Todos os direitos reservados. Estúdio Copacabana Estúdio Copacabana